• Kátia Boroni

Berkutes, o primeiro centro de reprodução não comercial de aves de rapina do Chile

#diariodefalcoaria #falcoaria #falconry #falconryjournalism #cetreria #chile




Texto Kátia Boroni e Mauricio del Valle


Na cidade de Requinoa, na região de O'Higginis, está localizado o primeiro centro de reprodução de aves de rapina não comerciais do Chile, chamado Berkutes.



Sebastian Bravo Araneda

Em 11 de fevereiro de 2013, este centro foi fundado pelo falcoeiro chileno Sebastian Bravo Araneda. O plantel inicial do centro Berkutes era de apenas um casal de Gavião asa de telha (Parabuteo unicinctus). Estas aves vieram do C.R.A.R, e são aves que não podem ser liberadas devido a causas antropogênicas, e que entraram no programa de reprodução em cativeiro.


Após cinco longos anos, o casal de gaviões asa de telha se consolidou, e conseguiu com sucesso a copulação, a postura e o nascimento de dois filhotes, uma fêmea e um macho. Agora os filhotes tem 3 meses, estão saudáveis ​​e em processo de crescimento.


O grande diferencial do centro Berkutes é que ele é o único centro de reprodução de aves de rapina do Chile, com fins de conservação, autorizado pela SAG (a autoridade de Fauna do Chile), como parte de um trabalho colaborativo.


A primeira ninhada dos gaviões do centro é um marco no trabalho de restabelecer as populações de aves de rapina selvagens na região central do Chile. Além de gaviões asa de telha, o Centro também trabalha na reprodução do falcão-peregrino (Falco peregrinus).


Todas as aves inseridas neste programa de reprodução em cativeiro são indivíduos adultos reprodutores, que vêm de Centros de Reabilitação com lesões que os impedem de voltar a se reintegrar no ambiente natural, mas lá eles podem ter sucesso reprodutivo. Os filhotes obtidos no centro serão inseridos no ambiente natural, fortalecendo as populações naturais destas importantes aves que contribuem para o equilíbrio do ecossistema chileno, daí a grande importância do trabalho do centro. Além disso, é importante esclarecer que foi um falcoeiro chileno que criou o primeiro centro de reprodução para fins de conservação no Chile, a fim de restabelecer as populações de aves de rapina no país. Isso é mais uma prova de como os falcoeiros também são ambientalistas, que ajudam as populações de aves de rapina selvagens de forma ativa.




Contato:

https://www.facebook.com/sebastianleonardo.bravoaraneda


Siga o Diário de falcoaria nas redes sociais!

www.facebook.com/diariodefalcoaria

www.instagram.com/diariodefalcoaria

www.youtube.com/diariodefalcoaria

0 visualização

Kátia Boroni é jornalista, e escreve sobre Falcoaria, aves de rapina e

Educação ambiental para os sites Diário de Falcoaria e Corujando por aí. 

 

Kátia Boroni is a journalist, and writes about Falconry, birds of prey and environmental education for the websites Diário de Falcoaria and Corujando por aí.

Webmaster: Kátia Boroni 2015

 MTB: 002.0435/MG