• Kátia Boroni

Torneio de Lure mecânico no Chile



Versão em PDF

A falcoaria é um esporte, e em como todo esporte há sempre uma competição inerente a ele. Contudo é necessário que esta competição seja saudável, amistosa, e que além de engrandecer a falcoaria ajude a criar e fortalecer laços de amizade entre falcoeiros de todo o mundo. É pensando nesta proposta que Maurício del Valle organiza o 1º Torneio Nacional de lure mecânico para aves de baixo voo no Chile. O evento acontecerá no sábado, dia 20 de outubro de 2018 em Requinoa, sector Peumal, VI Región, Chile. Será um evento exclusivamente para os gaviões asa de telha machos e fêmeas (Parabuteo unicinctus), devidamente documentados e provenientes de criatórios autorizados.


O Torneio

O lure a ser utilizado é um lure mecânico que será composto de uma carcaça de couro de coelho, e a competição constará de uma fase classificatória e uma fase final. As regras estão disponíveis em um documento bem detalhado, com a descrição da pontuação em cada quesito:

Análise geral do sistema de pontuação

Fases:

1 – Atividade de saída – 05 pontos

2- voo sobre o lure – 25 pontos

3 – captura do lure – 25 pontos

4- voo e distância – 10 pontos

5- Apreciação subjetiva e globais do lance – 05 pontos

A pontuação máxima é de 70 pontos.

Para sabermos mais sobre o evento, entrevistei o organizador Maurício del Valle:

Como surgiu a ideia deste tipo de torneio?


A idéia surgiu a fim homenagear em vida ao primeiro falcoeiro chileno Don Alberto Brunell Fabres, que hoje tem 92 anos, ele foi pioneiro nos anos 70 na gestão de várias espécies de aves de rapina no Chile. Sua especialidade era a altaneria com um grupo de falcões peregrinos para caçar a perdiz chilena. Como um falcoeiro antigo mantinha uma gestão completa do campo, incluindo cães, seus assistentes, as presas e seus falcões, levando a uma sinfonia maravilhosa que só a boa altaneria é capaz de fornecer. Ele foi o primeiro criador de aves de rapina no país, aplicando técnicas de criação natural, foi também o primeiro a importar e manipular aves de rapina como um falcão híbrido de peregrino (Falco peregrinus) com falcão gyr (Falco rusticolus). Ele foi uma referência nacional para muitos antigos falcoeiros que alguma vez tocaram na sua porta por um bom conselho deste grande mestre.

Qual é a importância deste torneio para a falcoaria, especialmente para a falcoaria chilena e latino-americana?

A importância deste torneio é consolidar a união desse grupo humano e manter a camaradagem entre criadouros, falcoeiros, aprendizes. Este tipo de encontros são os que em mais 20 anos permanecerão em nossa história de falcoaria, e seremos lembrados como os pioneiros em incentivar a competição saudável desta bela arte, às vezes é preciso muito pouco para organizar e fazer grandes coisas, aqui os beneficiários são, como sempre as nossas aves, essas habilidades deixam em evidência o trabalho que o falcoeiro fez durante o ano. Esperamos servir de exemplo para os nossos países vizinhos para que eles sejam encorajados a organizar este tipo de torneios, e promover a camaradagem como é feito nas reuniões, seminários ou saídas de caça.

O que você espera deste torneio?

Por ser o primeiro torneio a nível nacional, esperamos uma grande presença de todos aqueles falcoeiros e criadores de aves de baixo voo, este será um dia especial e poderemos avaliar o real interesse e compromisso que o falcoeiro tem pela sua ave. Foram criadas diretrizes e números para avaliar a competição, o regulamento é novo e será aplicado pela primeira vez no país. Então, eles estão todos convidados a fazer parte da história da falcoaria do Chile, neste seu primeiro torneio nacional.


Para mais informações:

educarapaz@hotmail.com

Whatsapp : +56989196979

Clique aqui para baixar o regulamento completo do torneio (em espanhol).


#FalcoariaFalconrycetreria #eventos

2 visualizações

Webmaster: Kátia Boroni I  MTB: 002.0435/MG

Copyright © 2015-2020 - Diário de Falcoaria - All rights reserved