• Kátia Boroni

Ed Pitcher e Ricardo Valverde

Atualizado: há 3 dias



Um livro que te desafia a repensar seus conceitos sobre a falcoaria e sobre suas técnicas de manejo e treinamento, que propõe uma volta aos valores originais da falcoaria, colocando sempre em primeiro lugar a ave e não o falcoeiro. Ao invés de ensinar técnicas este livro propõe pensar no seu relacionamento com a sua ave, eis onde se encontra o segredo em se voar falcões de cativeiro com o mesmo desempenho dos selvagens. Em entrevista cedida ao Diário de Estudos de Falcoaria, Ed Pitcher e Ricardo Velarde falam sobre o seu livro e sobre sua visão da falcoaria hoje.

A book that challenges you to rethink your concepts of falconry and on your management techniques and training, which proposes a return to falconry´s original values, always putting first the bird and not the falconer. Instead of teaching techniques this book proposes thinking about your relationship with your bird, that´s the secret of flying captivity falcons with the same performance of wild ones. In interview given to Falconry Studies Journal, Ed Pitcher and Ricardo Velarde talk about their book and about their vision of falconry today.

Un libro que te reta a repensar sus conceptos de cetrería y en sus técnicas de manejo y entrenamiento, que propone un retorno a sus orígenes y valores, siempre poniendo en primer lugar la rapaz y no el cetrero. En lugar de las técnicas de enseñanza este libro propone pensar en la relación con su pájaro, aquí es donde está el secreto en volar halcones cautivos con el mismo rendimiento de los salvajes. En entrevista concedida al Diario de estudios de cetrería, Ed Pitcher y Ricardo Velarde hablan de su libro y sobre su visión de la cetrería hoy.

Compre o livro aqui * Buy the book here * compre el livro aquí

Entrevista * Interview

Ed Pitcher and Ricardo Velarde

1. Como vocês começaram na falcoaria?

How do both of you start in falconry?

Cómo ustedes empezaram en la cetrería?


ED – Eu comecei na falcoaria em 1969. Um colega de falcudade me contou que ele tinha que ir para sua casa alimentar a sua ave. Eu me alistei na falcoaria assim que ele chamou seu falcão da pradaria (prairie - Falco mexicanus) para um pombo morto. Eu sabia que iria fazer isso pelo resto da minha vida.

I started in falconry in 1969. A college schoolmate told me that we had to go to his house to feed his bird. I was enlisted into falconry as soon as he called his prairie to a dead pigeon. I knew I would do that the rest of my life.

Yo empecé en la cetrería en 1969. Un compañero de clase en la facultad me dijo que tenía que volver a sua casa para alimentar a su ave. Yo me alisté en la cetrería tan pronto él llamo su halcón mexicano (falco mexicanus) a una paloma muerta. Yo sabía que iba a hacer eso el resto de mi vida.


RV – Um amigo meu do ensino médio mencionou que ele tinha um livro de falcoaria. Ele me emprestou, e depois de ler o que eu achei ser um livro espanhol muito elegante, eu fui fisgado.

A friend of mine in high school mentioned he had a falconry book. He lend it to me, and after reading what I thought was a very elegant Spanish book I was hooked.

Un amigo mío en la secundaria mencionó que tenía un libro de cetrería. Él me lo prestó, y después de leer lo que yo consideré un libro español muy elegante, yo fui atrapado.

2. Porque falcões e não outras aves de rapina? O que os fascina mais sobre os falcões?

Why falcons and not the other birds of prey? What about falcons fascinate you more?

Porqué los halcones y no otra ave de presa? Qué es lo que mas los fascina con los halcones?


Ed – Falcões são aéreos. Eu gosto de ver o vôo e o golpe na presa. Todas as outras aves de rapina tem vôo curto e geralmente matam por cobertura.

Falcons are aerial. I like to see the flight and the strike of prey. All other hawks are short flighted and often kill in cover.

Los halcones son aereos. Me gusta veer el vuelo y el golpe en la presa. Todas las otras aves de presa tienen vuelo corto y generalmente matan por cobertura.

RV – A gente apenas prefere os falcões e o espetáculo.

We just preferred falcons and the spectacle.

Nosotros sólo preferimos los halcones y el espetaculo.

3- "Seguindo a sequência de desenvolvimento de um jovem falcão, Ed explica por que ele se esforça para permitir que seus pássaros progridam através dos estágios naturais, a fim de desenvolver a confiança, iniciativa e habilidades naturais pretendidas, sem o falcoeiro ficar no meio do caminho. O resultado é um falcão criado em cativeiro com o 'jogo da mente selvagem' que voa e se comporta e obtém sucesso como o seu correspondente selvagem." Como esta forma de "treinamento" do falcão afeta a sua performance na caça?

"Following a young falcon's developmental sequence, Ed explains why he strives to allow his birds to progress through the natural stages in order to develop the confidence, initiative and abilities nature intended, without the falconer getting in the way. The result is a captive-reared falcon with the 'wild mind set' that flies and behaves and succeeds more like it's wild counterpart." How does this way of “training” the falcon affect its performance in hunting?

"Siguiendo la secuencia de desarrollo de un joven halcón, Ed explica por qué él se esfuerza para que sus pájaros avancen por las etapas naturales con el fin de desarrollar la confianza, la iniciativa y las capacidades naturales previstas, sin que el cetrero atrape este camino. El resultado es un halcón criado en cautividad criados con el 'sistema de la mente salvaje' que vuela y se comporta y tiene éxito como su correspondiente silvestre." Cómo esta manera de "entrenamiento" del halcón afecta su performance en la caza?

Ed – Vamos parar de usar a palavra "treinamento". A mentalidade selvagem é a meta. Como você iria treinar um grande tubarão branco para ser um predador marinho? Desenvolvendo as habilidades da ave de rapina dadas a elas através da evolução é superior a qualquer treinamento que nós possamos imaginar. Tente treinar um cavalo para ser uma vaca. É tolo pensar que nós podemos melhorar o que foi trabalhado por eras. Nós precisamos treinar a nos mesmos em como levar os falcões para desempenharem na sua capacidade máxima.

Lets stop using the word ‘training’. The wild mindset is the goal. How would you train a great white shark to be a marine predator? Developing the hawk’s abilities as given to them through evolution is superior to any training we can imagine. Try to train a horse to be a cow. It’s silly to think we can improve what has worked for eons. We need to train ourselves on how to manage the hawks to perform at their peak abilities.

Vámanos dejar de usar la pralabra "entrenamiento". La mentalidad selvaje es la meta. ¿Cómo se entrena un gran tiburón blanco para ser un depredador marino? El desarrollo de las habilidades del halcón como que se les da a través de la evolución es superior a cualquier formación que podemos imaginar. Trate de entrenar a un caballo para ser una vaca. Es tonto pensar que podemos mejorar lo que ha funcionado durante millones de años. Tenemos que entrenarnos sobre cómo manejar los halcones para que ellos actuen en sus capacidades máximas.

RV – Eu acho que a maioria dos falcoeiros nunca viu o real potencial de um falcão, provavelmente porque nós achamos que precisamos treiná-los. Essa mentalidade de "treinar o falcão" acaba limitando suas capacidades máximas.

I think that most falconers have never seen the real potential of a falcon, probably because we think we need to train them. With ought realizing it “training the falcon” ends up limiting their performance.

Yo creo que la mayoria de los cetreros nunca vieron la real potencialidad de un halcón, probablemente porque nosotros creemos que necesitamos entrenarlos. Con esa mentalidad terminamos limitando su rendimiento.

4) O voo dos falcões contém pensamento original e observações que vão desafiar o leitor a reavaliar seus conceitos e velhas ideias. Porque é importante para os falcoeiros modernos re avaliarem a tradição?

"The Flying of Falcons contains original thinking and observations that will challenge the reader to re-evaluate his concepts and old ideas." Why is it important to modern falconers to re-evaluate the tradition?

The Flying de Falcons contiene el pensamiento original y observaciones que pondrá a prueba al lector a volver a evaluar sus conceptos e viejas ideas. Porque es importante para los cetreros modernos re avaliaren la tradición?


Ed – Eu acho que o livro é uma tentativa de trazer o falcoeiro moderno de volta ao básico que o falcoeiro tradicional estava ciente. Antes de balanças, imprinting e condicionamento operante os falcoeiros tradicionais seguiam o caminho ditado pela resposta do falcão. Symon Latham fala sobre "as más intenções do falcoeiro" como um exemplo de não seguir as necessidades do falcão, tanto quanto as necessidades egoístas do falcoeiro - isto foi dito no início dos anos 1600!!

I think my book is an attempt to bring the modern falconer back to the basics that the traditional falconer was aware of. Before scales, imprinting and operate conditioning the traditional falconers followed the lead of the falcon’s response. Symon Latham talks about the ‘ill intentions of the falconer” as an example of not following the falcon’s needs as much as the selfish needs of the falconer – that was in the early 1600’s!!!.

Creo que mi libro es un intento de llevar al cetrero moderno a lo básico que el cetrero tradicional conocia. Antes de escalas, imprinting y el condicionamento operante, los cetreros tradicionales seguian el camino de la respuesta del halcón. Symon Latham habla de las "malas intenciones del cetrero" como un ejemplo de no seguir las necesidades del halcón tanto cuanto las necesidades egoístas del cetrero - esto fue en la década de 1600 !!!.

RV - Amén * Amen

5) Ricardo se esforçou muito para convencer Ed Pitcher a escrever um livro sobre sua larga experiência voando falcões. Porque você não estava tão interessado em escrever um livro desde o início?

Ricardo made a huge effort for Ed Pitcher decide to write a book about his large experience flying falcons. Why weren’t you so interested in writing a book since the beginning?

Ricardo hizo un enorme esfuerzo para que Ed Pitcher decidiera escribir un libro sobre su larga experiencia volando halcones. ¿Por qué no estaba tan interesado en escribir un libro desde el principio?

Ed- Nos primeiros dias da minha falcoaria eu reconheci os aspectos evolutivos de todos os animais selvagens . Eu entrei na falcoaria com a idéia de aprender - não ensinar. Eu era ingênuo na época e pensei que todos os outros falcoeiros pensassem igual. Foi necessário muito trabalho e esforço do Ricardo para me convencer que os falcoeiros estavam se afastando de voar falcões e fazendo algo muito mais parecido com treiná-los para serem macacos treinados a fazerem truques na arena do circo.

In the early days of my falconry I recognized the evolutionary aspects of all wildlife forms. I entered falconry with the idea of learning – not teaching. I was naive at the time and thought all other falconers were similar in their thinking. It took a lot of work and effort on Ricardo’s part to convince me that falconers were drifting away from flying falcons and more into training them to be trained monkeys to do a trick in the arena of the circus.

En los primeros días de mi cetrería yo reconocía los aspectos evolutivos de todas las formas de vida silvestre. Entré en la cetrería con la idea de aprender - no enseñar. Yo era ingenuo en el aquel momento y pensé que todos los demás cetreros fueron similares en su forma de pensar. Le tomó mucho trabajo y esfuerzo por parte de Ricardo de convencerme de que los cetreros estaban llejos de volar halcones y más entrenandolos como se entrenan monos para hacer trucos en la arena del circo.

RV – Eu acho que parte disso foi a curva de aprendizado que Ed teve através da sua experiência, aprender, reconhecer, e entender certos comportamentos/características e depois ser capaz de colocá-los na escrita. Demoramos por volta de 25 anos nesta linha de aprendizado.

I think part of it was the learning curve Ed had to go through to experience, learn, recognize, and understand certain behaviors/traits and then be able to put them in writing. The learning curve took us about 25 years.

Creo que parte de eso era la curva de aprendizaje que Ed tuvo que pasar a través de la experiencia: aprender, reconocer y entender ciertos comportamientos / rasgos y luego ser capaz de ponerlos por escrito. Tardamos alrededor de 25 años en esta curva de aprendizaje.

6) "Meus esforços são guiados por aquilo que eu espero que são novos insights para a seqüência do desenvolvimento natural da maioria das aves de rapina. Aves de rapina amadurecem como nossos filhos fazem. Falcões aprendem sobre o mundo em torno deles e, em seguida, interagem com seu meio ambiente de uma forma inteligente, assim como nós fazemos. Falcões aprendem e interagem com o que eu chamo no livro de 'o bairro.' Esta capacidade cognitiva dos falcões para avaliar e então interagir, me convenceram de técnicas de condicionamento e treinamento repetitivo não eram necessárias. Falcões são muito mais do que animais "movidos pelo instinto". É incrível ver como você considerar falcões como animais inteligentes que podem aprender a partir de diferentes técnicas ao invés de apenas através de técnicas de condicionamento e treinamento repetitivo. Você pode nos explicar brevemente como os falcões aprendem?

"My efforts are guided by what I hope are new insights to the natural developmental sequence of most raptors. Birds of prey mature as our children do. Falcons learn about the world around them and then interact with their environment in an intelligent way just as we do. Falcons learn and interact with what I call in the book, 'the neighborhood.' This cognitive ability of falcons to assess and then interact convinced me that operate conditioning and repetitive training techniques were not required. Falcons are much more than ‘instinct driven’ animals." It is amazing to see how you consider falcons as smart animals that can learn from different techniques instead of just operate conditioning and repetitive training techniques. Can you explain to us briefly how do falcons learn?

"Mis esfuerzos se guían por lo que espero que sean nuevas perspectivas a la secuencia del desarrollo natural de la mayoría de las aves rapaces. Las aves de presa maduran como nuestros hijos hacen. Los halcones aprenden sobre el mundo que les rodea y luego interactuan con su entorno de una manera inteligente como nosotros lo hacemos. Los halcones aprenden e interactuan con lo que yo llamo en el libro de: 'el barrio'. Esta capacidad cognitiva de los halcones para evaluar y luego interactuar me ha convencido de que el condicionamento operante y las técnicas de entrenamiento repetitivo no son necesarias. Los halcones son mucho más que 'animales impulsados por el instinto'." Es increíble ver cómo ustdes veen los halcones como animales inteligentes que pueden aprender de diferentes técnicas en lugar de sólo a través del condicionamiento operante y el entrenamiento repetitivo. ¿Pueden explicarnos brevemente cómo aprenden los halcones?


Ed- Falcões aprendem exatamente como nossos filhos fazem. Até certo ponto. Há uma porção do cérebro humano referido como o cérebro réptiliano. Reflexos, medos, necessidades de sobrevivência e reconhecimento de circunstâncias benéficas são primitivas. Eles também têm a cognição de seus arredores e podem aprender observando os resultados dos outros. 'Make hawks (Fazer falcões)' têm sido usado há séculos.

Falcons learn just as our children do. Up to a point. There is a portion of the human brain referred to as the reptilian brain. Reflexes, fears, survival needs and recognition of beneficial circumstances are primal. They also have cognition of their surroundings and can learn by watching the results of others. ‘Make hawks ‘ have been used for centuries.

Los halcones aprenden al igual que nuestros hijos hacen. Hasta cierto punto. Hay una porción del cerebro humano denominado el cerebro reptiliano. Reflejos, miedos, necesidades de supervivencia y el reconocimiento de las circunstancias beneficiosas son primitivas. También tienen conocimiento de su entorno y pueden aprender observando a los resultados de los demás. 'Make Hawks' se ha utilizado durante siglos.

RV – Você alguma vez viu alguém ter que ensinar a um gato como caçar ratos?

Have you ever known of anyone having to teach a cat how to catch mice?

Usted ya ha visto alguna vez a una persona tener que enseñar a un gato como cazar ratones?

NT: Make Hawks: A trained and seasoned hawk flown with young birds to teach them to take the quarry. Uma ave de rapina treinada e experiente é voada com aves jovens para ensiná-las a capturar a presa. Una ave de presa entrenada y experiente es volada junto con aves jovenes para enseñarlas a capturar la presa.

7) Os falcões são mais inteligentes do que as outras aves de rapina diurnas?

Are falcons smarter than the other diurnal birds of prey?

¿Son los halcones más inteligente que las otras aves de presa diurnas?

Ed – Não. Todas as aves de rapina são genios em seu método de caça particular. Faça uma teia de aranha melhor do que uma aranha. Melhor ainda, treine uma aranha para fazer uma teia melhor. Novamente é bobagem pensar que nós somos superiores e portanto sabemos melhor.

No. All Hawks are geniuses for their particular type of hunting. Make a spider-web better than a spider. Better yet train a spider to make a better one. Again it’s silly to think we are superior and therefore know best.

No. Todos las aves de presa son genios para su tipo particular de caza. Haga una telaraña mejor que una araña. Mejor aún, entrene a una araña para hacer una mejor. Una vez más le digo que es una tontería pensar que somos superiores y por lo tanto sabemos mejor.

RV – Os que não eram tão inteligentes foram extintos há muito tempo.

The ones that were not as smart went extinct long time ago

Los que no eran tan inteligentes se extinguieron hace mucho tiempo;

8) "Esta nova abordagem substitui a interpretação tradicional do rigoroso controle de peso como uma ferramenta de gerenciamento ao longo da vida." Como você pode treinar um falcão e estabelecer uma relação com ele sem o uso do rigoroso controle de peso?

"This new approach replaces the traditional interpretation of strict weight control as a life long management tool." How can you train a falcon and make a bound with the bird without using strict weight control?

"Este nuevo enfoque reemplaza la interpretación tradicional de control de peso estricto como una herramienta de gestión a lo largo de la vida." ¿Cómo se puede entrenar a un halcón y establecer una conexión con el ave sin utilizar el estricto control de peso?

Ed – Esta é uma pergunta muito boa porque requere que o falcoeiro avance no seu modo de pensar à medida que ele lida com seu falção ou gavião. O controle de peso estrito é apenas requerido como uma ferramenta para desenvolver a nas aves de rapina a 'TOLERÂNCIA' em relação à presença do falcoeiro. E, se a verdade fosse conhecida é mais sobre lidar com o estômago do rapinante e não com o seu peso (isto também é mencionado no livro de Symon Latham de 1615).

A balança tem limitado a nossa mentalidade ao peso da ave ao invés da sua condição. Gilbert Blain fala diretamente sobre a noção que falcoeiros demais não entendem sobre a condição geral da ave de rapina, ao invés do peso ditado pela balança. No início do manejo do rapinante a habilidade de apenas levá-lo à comer é importante, mas o peso no qual eles o fazem não é tão importante quanto a quantidade que eles comem. Uma vez que eles estiverem comendo 80-90 gramas eles irão tolerar o falcoeiro cada vez mais. O peso pode ser lentamente aumentado à medida que o falcão aprende a tolerar o falcoeiro e a reconhecer as oportunidades que o falcoeiro proporciona ao falcão. O controle de peso é dinâmico e deveria por fim retornar o peso do falcão ao seu peso natural. Afinal de contas ele estava indo bem sem nós.

This is a very good question because it requires the falconer to advance in his thinking as he manages his falcon or hawk. Strict weight management is only required as a tool to develop the hawks ‘TOLERANCE’ of the falconer’s presence. And, if the truth were known it is more about managing the hawk’s gut not its weight (also it is mentioned on Symon Latham’s book 1615). The scale has singled our mentality to the hawk’s weight rather than its condition. Gilbert Blain speaks directly to the notion that too many falconers do not understand the hawk’s overall condition rather than the weight directed by the scale.

Early in the management of a hawk the ability to just get it to eat is important but the weight at which they do that is not as important as the amount they eat. If the hawk eats only 15 grams of food they are not very tolerant of the falconer. Once they are eating 80-90 grams they are tolerating the falconer more and more. Weight can be slowly increased as the falcon learns to tolerate the falconer and recognize the opportunities the falconer has for the falcon. Weight management is dynamic and should eventually return the hawk to its natural weight. After all it was doing fine without us.

Esta es una pregunta muy buena, ya que requiere que el cetrero avance en su modo de pensar a medida que maneja su halcón o gavilán. El estricto control de peso sólo se requiere como una herramienta para desarrollar en las aves de presa la 'Tolerancia' respecto a la presencia del cetrero. Y si la verdad se conociera, es más sobre cómo tratar con el estómago de la ave y no con su peso (esto también se menciona en el libro de 1615 de Symon Latham).

La balanza ha limitado nuestra mentalidad para el peso del ave en lugar de su condición. Gilbert Blain habla directamente sobre la idea de que muchos cetreros no entienden acerca de la condición de la ave de presa en general, en lugar del peso dicho por la balanza. En el início del manejo de la ave la habilidad de solamente llevarla a comer es importante, pero el peso en el cual las aves hacen eso no es tan importante cuanto la cantidad que comen. Una vez que están comiendo 80-90 gramos van a tolerar el cetrero cada vez más. El peso se puede aumentar lentamente a medida que el halcón aprende a tolerar el cetrero y a reconocer las oportunidades que el cetrero da a el halcón. El control de peso es dinámico y finalmente se debe volver al peso natural del halcón. Después de todo, la ave estaba bien sin nosotros.

RV – Esta é uma grande questão, basicamente é sobre isto que o segundo livro será. Então nos dê alguns anos para te responder isso com um pouco mais de detalhe.

This is a big question, basically what the second book will be about. So give us a few more years to respond to this with a little more detail

Esta es una gran pregunta, básicamente este será el tema del segundo libro. Así que nos den unos cuantos años más para responder a esto con un poco más de detalle

9) "Eu discuto o que eu acho que são marcos importantes no desenvolvimento do falcão, tais como: o fator de fidelidade, fator de medo, pensamento categórico e Confiança." Vocês também falam sobre fidelidade e confiança, mas muitas pessoas consideram que a alimentação é a única coisa que cria uma ligação entre os falcões e os falcoeiros. Vocês consideram que esta ligação entre a ave e o homem vai além da comida?

"I discuss what I think are important milestones in falcon development such as Fidelity Factor, Fear Factor, Categorical Thinking and Trust." You also talk about fidelity and trust, but many people consider that food is the only thing that links falcons to their falconers. Do you consider that this link between bird and man go further than food?

"Yo discuto lo que creo que son hitos importantes en el desarrollo de halcón como el factor Fidelidad, el factor miedo, el pensamiento categórico y la confianza". Ustedes también hablan de la fidelidad y la confianza, pero mucha gente cree que la comida es la unica cosa que une los halcones a los cetreros. Ustedes creen que esta relación entre el ave y el hombre va mas alla de la comida?


Ed – Os falcões aprendem sobre o mundo onde eles vivem. Você é um amigo ou um inimigo? Rapinantes mal educados demonstram que o falcoeiro não é amigo do falcão. Se sempre bem alimentado, nunca tiver a sua comida roubada e nunca ser interrompido pelo capuz porque o falcoeiro tem o seu horário e não considera a necessidade da ave, então haverá um diálogo. Se a ave for manejada para o seu proprio benefício então a ave estará pronta. Não é diferente do que os rapinantes selvagens que usam a mesma árvore ou fio do poste para caçar ano após ano. Todos os gaviões e falcões são motivados pela perseguição, captura, morte e depois alimentação. Se o falcoeiro apenas consegue que a ave se alimente então ele está perdendo três das quatro motivações de todos os predadores.

Falcons learn about the world they live in. Are you friend or foe? Ill-mannered hawks demonstrate that the falconer is not the falcon’s friend. If always fed well, never robbed of food and never interrupted by the hood because the falconer has his schedule that does not consider the need of the hawk, then there will be discourse. If managed to the hawk’s benefit the hawk will be at the ready. No different than the wild hawks we see use the same tree or pole line to hunt from year after year. All hawks and falcons are motivated by chase, catch, kill and then eat. If the falconer only manages his hawk to be fed then he is missing three of the four motivators for all predators.

Halcones aprenden sobre el mundo en que viven. ¿Eres amigo o enemigo? Halcones mal educados demuestran que el cetrero no es amigo del halcón. Si siempre está bien alimentado, nunca le roban la comida y nunca es interrumpido por la caperuza, porque el cetrero tiene su horario que no considera la necesidad del halcón, entonces habrá discurso. Si el halcón es manejado para su benefício entonces él estará listo. Todos los gavilanes y halcones son motivados por la persecución, la captura, en matar y después comer. Si el cetrero sólo logra que su halcón se alimente luego está faltando tres de las cuatro motivaciones para todos los depredadores.

RV – Você pode resumir nosso livro em uma palavra: "relacionamentos". Desenvolver a confiança no seu falcão. Trate ele como um verdadeiro atleta e não como um escravo, e você irá conseguir resultados muito melhores. Novamente, nos dê algum tempo e você irá entender porque os falcoeiros tem tanta dificuldade em eliminar velhas idéias tradicionais, ou pelo menos leia o capítulo FIDELIDADE do nosso livro e veja se ele se aplica à você.

You can summarize our book with one word “RELATIONSHIPS” Developing trust with your falcon. Treat it as a real athlete and not as a slave, and you will end up with much better results. Again give us some time and you will understand why falconers have such a hard time letting go of old traditional ideas, or at least read the FIDELITY chapter in our book and think if it also applies to you.

Se puede resumir nuestro libro con una palabra: "relaciones". Desarrolle la confianza con su halcón. Tratalo como un verdadero atleta y no como un esclavo, y al final tendrá mucho mejores resultados. Una vez más nos de algún tiempo y usted entenderá por qué algunos cetreros tienen tanta dificultad en eliminar viejas ideas tradicionales, o al menos lea el capítulo FIDELIDAD en nuestro libro y pense si se aplica a usted también.

10) Vocês falam sobre o grande ego dos falcoeiros e como muitos deles se preocupam mais em como são bons e ao invés de voltarem toda a sua atenção ao potencial de suas aves. Como esta atitude afeta a performance de suas aves na caça?

You talk about falconers’ high ego and how many of them are more worried about how good they are instead of turning all their attention to the potential of their birds. How can this attitude affect their birds’ performance in hunting?

Ustedes hablan acerca del alto ego de los cetreros y que muchos de ellos están más preocupados por lo buenos que son en vez de concentrar toda su atención al potencial de sus aves. ¿Cómo puede esta actitud afectar el desempeño de sus pájaros en la caza?

Ed – Falcões e gaviões são interrompidos no seu esforço de capturar a presa pela mal compreensão do falcoeiro em entender como a ave deve fazer o seu trabalho. É o que falamos sobre a aranha e a teia da aranha. Sério? Você acha que você você está melhor equipado para determinar que a ave deve estar alta, baixa, perto ou longe. Mostre à ave todas as possibilidades e você verá todas as possibilidades. Requira um enfoque único e você terá uma experiência limitada.

Falcões da pradaria (falco mexicanus) são ótimos predadores e eu percebi logo cedo que se eu voasse o falco mexicanus da mesma forma todos os dias ele em breve estaria capturando à presa rotineiramente. Mas a rotina era a mesma todos os dias. Eu logo percebi que eu tinha restringido o falcão à uma única tática de sobrevivência. Uma vez que eu comecei a mostrar a eles cada oportunidade eu comecei a vê-los aplicar suas habilidades como um predador aviário, eles voaram melhor do que eu poderia treiná-los.

Falcons and hawks are interrupted in their efforts to catch game by the falconer’s misunderstanding of how the bird should do its job. It’s back to the spider and the spider web. Really? You think you are better equipped to determine that the bird should be high, low, near or far. Show the hawk all possibilities and you will see all possibilities. Require a single approach and you will experience a limited result.

Prairie falcons are great predators and I realized early on that if I flew the prairie the same way every day that they would soon be catching game routinely. But the routine was the same every day. I soon realized that I had restricted the falcon into a single survival tactic. Once I began to show them every opportunity did I begin to see them apply their skills as an avian predator, they flew better than I could train them.

Halcones y gavilanes son interumpidos en sus esfuerzos por atrapar la presa por la incomprensión del cetrero de cómo la ave debe hacer su trabajo. Es lo mismo del ejemplo de la araña e de la telearaña. ¿En serio? Usted piensa que está mejor equipado para determinar la que la rapaz deve de estar alta, baja, cerca o lejos. Muestre la rapaz todas las posibilidades y usted verá todas las posibilidades.

Halcones mexicanos (falco mexicanus) son grandes depredadores y pronto me di cuenta que desde el principio que si volaba los falco mexicanus de la misma manera todos los días que ellos pronto capturarían la presa rutinariamente. Pero la rutina era la misma cada día. Pronto me di cuenta que yo había restringido el halcón en una sola táctica de supervivencia. Una vez que empecé a mostrarles todas las oportunidades yo empecé a verlos aplicar sus habilidades de un depredador aviario, ellos volaron mejor que yo podría entrenarlos.

RV – Quanto mais você os treina, mais você os limita.

The more you train them the more you limit them.

Cuanto más los entrena más se los limita.

11) "Nós achamos que a tradição no esporte tem limitado a maioria de nós no entendimento de aves de rapina e nos limitou a ver o verdadeiro potencial do que eles podem realmente fazer, e isso é o que nós queríamos apresentar em nosso primeiro livro, embora nós tenhamos cometido erros sobre como nós fizemos isso. "Que tipo de erros vocês cometeram no livro dos quais vocês se arrependem?

" We think tradition in the sport has limited most of us on the understanding of birds of prey and has limited us to see the real potential of what they can really do, and that is what we wanted to present on our first book even though we made mistakes on how we did it." What kind of mistakes have you made in the book that you regret?

"Creemos que la tradición en el deporte ha limitado la mayoría de nosotros, en el entendimiento de las aves de presa y nos ha limitado a ver el potencial real de lo que realmente pueden hacer, y eso es lo que hemos querido presentar en nuestro primer libro, a pesar de que hemos cometido errores en cómo lo hicimos ". ¿De qué errores cometidos en el libro uestedes se arrepienten?

Ed – Dar a altura atingida pelo falcão foi provavelmente o maior erro. Muitos falcoeiros de todo o mundo não aceitaram a idéia de que os falcões iriam voar à 5000 pés (1.524 metros). Sabemos agora com a radiotelemetria da Marshall e com outros transmissores de altitude que falcões, águias e outras aves de rapina podem exceder o que pensávamos que era aceitável. Outro erro foi a discussão incompleta sobre gerenciamento de peso. Escrever torna-se uma difícil tarefa quando se tenta relacionar as especificidades de cada aspecto de um esporte tão complicado como a falcoaria. O livro poderia ter tido mil páginas, Ricardo me manteve sob controle.

Giving feet to pitch was probably the biggest mistake. Many falconers around the world did not accept the idea that falcons would fly at 5000 ft. We now know with the Marshall radio telemetry and other altitude transmitters that falcons, eagles and other hawks may exceed what we thought was acceptable. Another mistake was the incomplete discussion about weight management. Writing becomes a task when one tries to relate the specifics of each aspect of a sport as complicated as falconry. The book could have been a thousand pages, Ricardo kept me in check.

Dar la altitud fue probablemente el error más grande. Muchos cetreros de todo el mundo no aceptaran la idea de que los halcones volaban a 5000 pies (1.524 metros). Ahora sabemos con la telemetría de radio de Marshall y otros transmisores de altitud que los halcones, águilas y otras rapaces pueden superar lo que pensamos que era aceptable. Otro error fue la discusión incompleta sobre el control de peso. La escritura se convierte en una tarea difícil cuando se trata de relacionar las características específicas de cada aspecto de un deporte tan complicado como la cetrería. El libro podría haber tenido un millar de páginas, Ricardo me controló.


RV – Sim, nós achamos que os falcoeiros pensaram que a mensagem do nosso livro era que a única forma de voar falcões era a partir de 5.000. Nós queriamos dividir ou permitir que os falcoeiros soubessem do real potencial dos falcões, mas isso foi uma questão secundária, eles perderam completamente a mensagem real sobre o "relacionamento".

Yes we think falconers thought the message out of our book was that the only way to fly falcons was from 5000”. We wanted to share or let falconers know the potential of falcons, but that was a secondary issue, missing completely the real message about “Relationships”.

Sí, nosotros creemos que los cetreros pensaron que el mensaje de nuestro libro era que la única manera de volar halcones era a partir de 5000 ". Queríamos compartir o dejar que los cetreros conocieran el potencial de los halcones, pero eso era un tema secundario, ellos perdieron por completo el verdadero mensaje sobre "Relaciones".

13) Em dois capítulos você fala sobre a técnica do "El pestañero", ou "Seeling", que é uma técnica de treinamento de falcoaria que cega temporariamente um rapinante costurando seus olhos para que fiquem fechados. Hoje em dia as pessoas estão muito preocupados com os direitos dos animais e os falcoeiros precisam ter cuidado para não mostrar uma imagem negativa do esporte para ativistas de direitos animais. Neste caso, por que você recomenda essa prática antiga em vez de usar o capuz?

In two chapters you talk about the tecnique "El pestañero", or “seeling” that is a falconry training technique to temporarily blind a bird by sewing its eyes shut. Nowadays people are very concerned about animal rights and falconers need to be careful not to show a negative image of the sport to animal rights activists. In this case, why do you recommend this old practice instead of using the hood?

En dos capítulos se habla de la tecnica del "El pestañero", o "seeling" que es una técnica de entrenamiento de cetrería que ciegar temporalmente a una rapaz cosiendo sus ojos para que se queden cerrados. Hoy en día la gente está muy preocupada por los derechos de los animales y los cetreros deben tener cuidado de no mostrar una imagen negativa de este deporte a los activistas de derechos de los animales. En este caso, ¿por qué ustedes recomiendan esta vieja práctica en lugar de utilizar la caperuza?


Ed – Minha prática de "seeling" os falcões foi revista pelo meu próprio manejo de falcões selvagens capturados e falcões selvagens criados pela técnica do Hacking (veja a nota do tradutor abaixo). Não considero os ativistas dos direitos dos animais como uma ameaça, porque eles não têm uma compreensão completa dos animais em primeiro lugar. Mas agora eu uso o capuz e solidão como uma ferramenta mais do que o seeling. Eu não endosso o manejo com imersão ou o afogamento simulado como uma abordagem de gestão aceitável para recuperar um falcão. A Falcoaria é uma evolução do falcoeiro, e não do falcão. As habilidades de todos os falcões tem resistido à tempestade de tempo. Falcoeiros são um pontinho na tela do tempo geológico. Alguém realmente acredita que nós sabemos mais?

My practice of seeling falcons has been revised in my own management of wild caught and wild hacked falcons. I do not regard animal rights activist as a threat because they do not have a full understanding of animals in the first place. But I now use the hood and solitude as a tool more than seeling. I do not endorse immersion manning or water boarding as an acceptable management approach to reclaiming a falcon. Falconry is an evolution of the falconer not the falcon. The abilities of all hawks have weathered the storm of time. Falconers are a blip on the screen of geological time. Does anyone really believe we know more?

Mi práctica de pestañar a los halcones se la he revisado en mi proprio manejo de los halcones salvajes capturados y los halcones selvajes hackeados. No considero los activistas de los derechos de los animales como una amenaza, ya que no tienen una comprensión completa de los animales en el primer lugar. Pero ahora yo uso la caperuza y la soledad como una herramienta más que el pestañero. No me adhiero a la dotación de inmersión o ahogamiento simulado como un enfoque de manejo aceptables para la recuperación de un halcón. La cetrería es una evolución del cetrero no del halcón. Las capacidades de todos los halcones han capeado la tormenta del tiempo. Los halconeros son un punto en la pantalla del tiempo geológico. ¿Alguien realmente cree que sepamos más?

RV – Um tempo atrás eu fiz um comentário em um fórum de falcoaria sobre os grandes benefícios do seeling. Sim, é claro, na mesma hora houve aqueles falcoeiros que tinham uma grande opinião negativa sobre este tema, mas nenhum deles nunca tinha visto como ele é feito e os resultados que ele produz, sem contar que nunca praticaram esta técnica antiga. Então o que fazer o seeling causa no falcão selvagem? Se você fizer isto corretamente o falcão se amansa muito mais rápido, respondendo em um peso muito mais pesado, com as penas em perfeito estado e mentalmente intacto, o que quer dizer que ele não fica ressentido de você ter tido que forçar o falcão, baixando o seu peso e que ele não confie em você desde o início e para o resto da sua vida. Hmmm ... assim que você me diga, o que você acha que é melhor para o falcão.

At one time I made a comment on a falconry forum about the great benefits of seeling. Yes of course, right away there were those falconers that had a big negative opinion about this issue, but none of them had ever seen how it is done and the results it produced, let alone ever practiced this old technique. So what does seeling do to a wild falcon? If you do it correctly the falcon comes around tamer much sooner, responding at a much heavier weight, perfectly feathered and mentally intact, meaning not resentful to were you have to force the falcon by cutting it’s weight down and not trusting you from the very beginning and for the rest of his life. Hmmm… so you tell me, what do you think is best for the falcon.

Hubo un tiempo en que hice un comentario en un foro de cetrería sobre los grandes beneficios del pestañero. Sí, por supuesto, de inmediato hubo esos cetreros que tenían una gran opinión negativa sobre este tema, pero ninguno de ellos jamás habían visto cómo se hace y los resultados que produce, por no hablar jamás habían practicado esta técnica antigua. Entonces, ¿qué resulta el pesañero para un halcón salvaje? Si lo haces correctamente el halcón es domado mucho antes, responde con un peso mucho mayor, se queda perfectamente emplumado y mentalmente intacto, es decir, no resentido a que tiengas que forzar el halcón cortando su peso y que él no confie en usted desde el principio y para el resto de su vida. Hmmm ... por lo que me diga, ¿qué cree que es lomejor para el halcón?

NT: Hacking é um método de treinamento que ajuda aos jovens falcões alcançarem seu potencial de caça através do exercício e da experiência. Esta técnica é utilizada para preparar o falcão para se tornar um caçador independente.

Hacking is a training method that helps young falcons reach their hunting potential by giving them exercise and experience. This technique is used to prepare the falcon to become an independent hunter.

El hacking es un método de entrenamiento que ayuda a los halcones jóvenes a alcanzar su potencial de caza, dándoles el ejercicio y la experiencia. Esta técnica se utiliza para preparar el halcón para convertirse en un cazador independiente.

14) Como foi a recepção do livro?

How was the reception of your book?

Cómo fue la recepción del libro?

Ed – Em geral, o livro foi bem recebido, mas ao mesmo tempo um pouco mal compreendido. Um monte de falcoeiros queriam um "manual de treinamento". Fui acusado de que estava escondendo o segredo para que os falcões voassem alto. A verdade da questão é que cada método de treinamento que você usa retarda o falcão. O título do livro "O vôo dos falcões" foi a minha intenção, não o treinamento de falcões.

Overall the book was well received but at the same time a bit misunderstood. A lot of falconers wanted a ‘training manual’. I was accused of with holding my secrets to high-flying falcons. The truth of the matter is that every training method you use hinders the falcon. The title of the book “The Flying of Falcons” was my intent, not the training of falcons.

En general, el libro fue bien recibido, pero al mismo tiempo un poco incomprendido. Una gran cantidad de cetreros quería un 'manual de entrenamiento'. Me acusaron de que escondí mis secretos para que los halcones volasen alto. La verdad del asunto es que cada método de entrenamiento que se utilice limita el halcón. El título del libro "El vuelo de los Halcones" fue mi intención, no el entrenamiento de los halcones.

RV – Um querido amigo nosso nos disse: vai levar um tempo para que os falcoeiros entendam e apliquem o livro. Agora cada vez mais nós ouvimos falcoeiros descrevendo voos como os do livro. De maneira geral foi bem melhor do que nós esperávamos.

A dear friend of ours told us, it will take a while for falconers to understand and apply the book. Now more and more we hear of falconers describing flights like the ones in the book. Over all better than we ever expected.

Un querido amigo nuestro nos dijo, llevará un tiempo para que los cetreros entiendan y apliquen el libro. Ahora cada vez más oímos hablar de cetreros que describen vuelos como los que hay en el libro. Sobre todo mejor de lo que esperábamos.


14) Vocês estão pensando em escrever um novo livro? Qual será o tema?

Are you thinking about writing a new book? How is it going to be?

Ustedes están pensando en escribir un nuevo livro? De qué tema será?

Ed – Sim. Espero ser capaz de ser mais específico sobre a gestão quotidiana de todos os rapinantes e tentar remodelar a mentalidade dos falcoeiros contemporâneos. Acho que se nos afastamos da verdadeira compreensão da falcoaria. Falcoaria não é sobre seus falcoeiros sobre os rapinantes que voamos. Há também demasiados especialistas sobre o "treinamento" de falcões. Não há suficientes estudantes sobre as capacidades e o manejo das aves de rapina.

Yes. I hope to be able to be more specific about the daily management of all hawks and try to remold the mindset of contemporary falconers. I think we have drifted away from the true understanding of falconry. Falconry is not about falconers its about the hawks we fly. There are too many experts on the ’training’ of hawks. Not near enough students about the abilities and management of birds of prey.

Sí. Espero ser capaz de ser más específico sobre la gestión diaria de todos las aves de presa y intentaré remodelar la mentalidad de los cetreros contemporáneos. Creo que nos hemos alejado de la verdadera comprensión de la cetrería. La cetrería no se trata de sus cetrerosy si sobre las rapaces que volamos. Hay demasiados expertos en el "entrenamiento" de rapaces. No hay estudiantes suficientes sobre las capacidades y el manejo de las aves de presa.

RV – Espero que tenhamos aprendido alguma coisa com os primeiros vinte e dois anos escrevendo e mais três anos de edição do livro. Não estou certo de que teremos outra corrida como essa para o nosso segundo livro, Ed sabe que eu não vou desistir, e eu vou trabalhar com ele durante o tempo que for preciso para terminar este projeto que começou no início dos anos 80. Eu sou o cara de sorte que tem sido capaz de estar no banco da frente observando como estes livros se desenvolvem.

Hopefully we learned something from the first twenty two years writing and three more years editing the book. I am not sure we will have another run like that for our second book, Ed knows I will not give up, and I will work with him for as long as it takes to finish this project we started in the early 80’s. I am the lucky guy who has been able to be on the front seat watching how these books develop

Esperemos haber aprendido algo de los primeros veintidós años escribiendo y tres años más de la edición del libro. No estoy seguro de que tendremos otra carrera así para nuestro segundo libro, Ed sabe que no voy a renunciar, y voy a trabajar con él durante todo el tiempo que se necesita para terminar este proyecto que comenzamos a principios de los 80. Yo soy el tipo con suerte que ha podido estar en el asiento delantero acompañando cómo estos libros se desarollan.

A entrevista foi fantástica, vocês são falcoeiros incríveis e tem muito a ensinar a todos nos. Foi uma honra para mim entrevistá-los e os agradeço muito por esta oportunidade! Abraços,

The interview was fantastic, you are amazing falconers and have much to teach us all. It was an honor to me to interview you and I thank you very much for this opportunity! Hugs,

La entrevista fue fantástica, ustedes son cetreros increíbles y tienen mucho que enseñarnos. Fue un honor entrevistar a ustedes y les agradezco mucho por esta oportunidad! Abrazos,

Kátia Boroni.

Referências:

http://www.theflyingoffalcons.com/home.html

https://marshallradio.com/north-american-falconry-products/north-american-falconry-accessories/item/522-ed-pitchers-book

Crédito das imagens * artwork credits * crédito de las imagénes

https://marshallradio.com/north-american-falconry-products/north-american-falconry-accessories/item/522-ed-pitchers-book

Entrevista em Vídeo * Video interview * Entrevista en video

Entrevista com os autores: Em uma sexta-feira a noite em fevereiro de 2010, e antes das finais no sábado das Sky Trials de Utah, Ed Pitcher e Ricardo Velarde falam com um pequeno grupo sobre o pensamento por trás do novo livro "O vôo dos falcões." Grande e instigante conteúdo.

Interview with the authors: On a Friday night in February, 2010, and before the Finals on Saturday of the Utah Sky Trials, Ed Pitcher and Ricardo Velarde talk to a small group about the thinking behind the new book "The Flying of Falcons." Great content and thought provoking.

Entrevista con los autores: El viernes por la noche en febrero de 2010, y antes de las finales el sábado de los Sky Trials de Utah , Ed Pitcher y Ricardo Velarde hablan con un pequeño grupo sobre el pensamiento detrás del nuevo libro "The Flying de Halcones." Gran y provocativo contenido.


#birdsofprey #interviewentrevista #diariodefalcoaria

24 visualizações

Webmaster: Kátia Boroni I  MTB: 002.0435/MG

Copyright © 2015-2020 - Diário de Falcoaria - All rights reserved