Kátia Boroni é jornalista, e escreve sobre Falcoaria,

aves de rapina e Educação ambiental para os sites

Diário de Falcoaria e Corujando por aí.

Webmaster: Kátia Boroni 2015

 MTB: 002.0435/MG

KB

As corujas do Corujando por aí

Sophia

Nome: Sophia

Espécie: Tyto furcata

Sexo: Fêmea

Peso: Aprox. 450 g

Criatório: ENFALCO - Uberlândia MG

Ano de nascimento: 2016

Sophia tem uma história engraçada. Quando comecei a estudar a Falcoaria no final de 2014, após muitos estudos decidi em 2015 que queria ter uma coruja de igreja, para me ajudar no meu projeto de Educação ambiental chamado Corujando por aí, e também porque sempre amei corujas rs. Mas inicialmente eu encomendei um macho ao criatório ENFALCO, e quando a coruja chegou eu a chamei de Thot. Uma semana depois de sua chegada eu percebi pelo peso e pela coloração do peito que era uma fêmea, "A fêmea mais linda que já nasceu na Enfalco", segundo o proprietário Ronivon Viana. A chamei então de Sophia e me apaixonei por esta menina travessa. Hoje é a mais apegada a mim de todas as corujas, posso ficar horas fazendo carinho que ela chega até a dormir! Mas também é a mais corajosa, ao se sentir ameaçada parte pra cima! Em caso de medo, voa para mim e crava suas unhas (ai!) porque sabe que eu sempre a protegerei!

Ah, o nome Sophia significa conhecimento, quer um nome melhor do que este para uma coruja que além de sábia por natureza, é educadora ambiental? Além de ser uma homenagem à Deusa Grega Atena.

Nome: Thot

Espécie: Tyto furcata

Sexo: Macho

Peso: Aprox. 350 g

Criatório: ENFALCO - Uberlândia MG

Ano de nascimento: 2017

Finalmente, na segunda tentativa veio o meu macho branco! E o Ronivon, do criatório Enfalco, caprichou: o Thot é exatamente como eu sonhava: branco como uma bolinha de algodão, mais parecendo uma Tyto alba do que uma Tyto furcata. O nome é em homenagem ao Deus da escrita Egípcio, inventor dos hierógrafos. Nome bem apropriado para uma coruja educadora ambiental, não acham?

Brincalhão e explorador, tem uma personalidade doce e é o mais agitado da casa. Não para quieto um minuto, o que torna o momento de tirar fotos um martírio. Adora seu bichinho de pelúcia e bolinhas de papel.

Thot

Nome: Verbena

Espécie: Bubo virginianus

Sexo: Fêmea

Peso: aprox. 1.350 g

Criatório: CEREFALCO - Patrocínio - MG

Ano de nascimento: 2017

Verbena é o nome de uma flor, conhecida como lágrimas de Ísis. Tem uma simbologia linda: "Uma erva e também uma flor, a verbena era considerada sagrada por muitas culturas que a consideravam uma planta de mistério e encantamento. No Egito, era um símbolo das lágrimas de Ísis. Os sacerdotes gregos a carregavam nas vestes e a usavam para purificar os altares de Zeus. Os druidas celtas e os antigos persas acreditavam que a verbena não apenas purificava como também favorecia as visões e a adivinhação. As igrejas cristãs a usavam na preparação da água-benta. Sendo uma das ervas celtas mais sagradas, a verbena era colocada nos altares como uma oferenda. Queime-a para repelir o ataque psíquico. Ela também é usada para purificar, atrair riqueza e se encontrar o amor." Fonte Blog um por tudo

Quando a fui buscar no criatório CEREALCO, em Patrocínio-MG ainda não sabia se era macho ou fêmea, por isso eu a chamava pelo apelido Bubú. Assim que fiz o exame de sexagem ela passou a ser chamar Verbena, mas ainda a chamamos carinhosamente de Bubú (o nome Sherlock ficou pra próxima ave hahaha)

Brincalhona, atenta e muito perspicaz, gosta mais de companhia até do que as tytos, porém não gosta muito de toque. Quer deixá-la feliz? Dê um saco de pão vazio amassado para ela rasgar!

Verbena

Nome: Lakshmi

Espécie: Tyto furcata

Sexo: Fêmea

Peso: aprox. 350g

Criatório: ENFALCO - Uberlândia MG

Data de nascimento: 2018

Nossa Deusa Hindú, a mais nova das corujas. Laskhmi ganhou este nome por um motivo muito especial. Na Índia se acredita que as corujas de igreja são Vahalas, ou seja, veículos da Deusa da prosperidade Lakshmi. Por isso, infelizmente muitas corujas são mortas no festival das luzes Hindu chamado Dwali. É necessário acabar com esta tradição, que com certeza não seria aprovada pela Deusa Laskhmi, e portanto eu dediquei a vida de minha nova coruja de igreja a el. Que nossa Laskhmi simbolize a troca do medo pelo conhecimento, e da morte pela vida.

Lakshmi

Siga o Corujando por aí 

  • Facebook
  • Instagram
  • YouTube